16 de março de 2011

os ultimos 86400 segundos

obrigado pela noite passada *
foi mesmo agradável passá-la ao lado de pessoas que se revelaram excelentes, não só como companhia mas acima de tudo por me mostrarem o que de melhor eles são.
assunto não faltou e o vinho também não :)
o dia seguinte avizinhava-se mais um de trabalho mas não foi apenas mais um... foi um daqueles que começa logo de manhã com uma terrível luta com os lençóis para despertar... corre-se para o local de trabalho já atrasado (para variar), e mal se chega é desatinar com a colega que tem cada vez menos vontade de trabalhar e que me esta arrastar para o mesmo (porra, já não chega a pedrada de sono)... o problema é que o trabalho tem de ser feito quanto antes, pois os prazos estão a expirar...
meio contrariados lá nos metemos ao trabalho de uma forma ritmada e sem pausas... uiuiui...que dia... quando este chegou ao fim já nem conseguia segurar no rato do pc de tantas dores que tinha na mão mas 10 minutos depois de ter decidido parar por hoje, entra pelo gabinete a dentro o patrão com uma comitiva de pessoas para uma reunião e a primeira pergunta foi:
- está feito?
- sim (Ufa!!! que sorte...)
segunda pergunta:
- está impresso?
- não...  :s
- então toca a imprimir...
- o que precisa para agora? (perguntei eu na tentativa se ser uma ou duas folhas)
- tudo (resposta autoritária)
(rrrsssssss)
toca a imprimir 25 folhas A3, cortá-las e dobrá-las direitinho... e a comitiva à espera... que stress...
o que vale é que a reunião correu bem e as coisas até estavam bem feitas, já valeu a pena :)

amanhã será mais um dia... e este trabalho terá de ficar entregue...
mas há muitos outros em lista de espera :)

4 comentários:

Mar disse...

Há dias cansativos/stressantes em que até se chega ao fim com uma sensação de realização espectacular. Parece-me se o caso. =)

Confesso que tenho saudades desses dias.

Margarida disse...

Ainda bem que o dia terminou bem :)

Beijinho

S* disse...

Ter ao lado quem gosta de nós é valioso.

hug * disse...

Mar e Margarida

:)
há dias que ainda bem que o dia só tem 24h...

S*
sem dúvida, isso é uma preciosidade, agora quando não se tem, o vazio preenche-nos de uma sensação avassaladora...

beijinhos lindos