3 de maio de 2011

viagem ao silêncio_03


"Neste caderno abandonado as histórias dissipam-se por entre folhas velhas...
histórias de um dia, dois, talvez até mesmo três, ou serão de um momento apenas?
serão com certeza histórias de uma vida, de uma experiência exteriorizada que passou a ser lida e relida em palavras que para uns tanto diz e para outros é mais um desperdício intelecto que passa à margem das suas intenções.
deambulo num caminho mágico entre o pensar e o escrever...
nele me perco e nele me encontro à velocidade de um milionésimo de segundo  onde tudo parece tão curto, onde tudo é tão longo, onde tudo é infinito...
neste caderno abandonado escrevo, viajo..." 
by: hug*_in 19-04-2011, 18:40

6 comentários:

B* disse...

Spend all your time waiting
For that second chance
For a break that would make it okay
There’s always one reason
To feel not good enough
And it’s hard at the end of the day
I need some distraction
Oh beautiful release
Memory seeps from my veins
Let me be empty
And weightless and maybe
I’ll find some peace tonight

In the arms of an angel
Fly away from here
From this dark cold hotel room
And the endlessness that you fear
You are pulled from the wreckage
Of your silent reverie
You’re in the arms of the angel
May you find some comfort there

So tired of the straight line
And everywhere you turn
There’s vultures and thieves at your back
And the storm keeps on twisting
You keep on building the lie
That you make up for all that you lack
It don’t make no difference
Escaping one last time
It’s easier to believe in this sweet madness oh
This glorious sadness that brings me to my knees

In the arms of an angel
Fly away from here
From this dark cold hotel room
And the endlessness that you fear
You are pulled from the wreckage
Of your silent reverie
You’re in the arms of the angel
May you find some comfort there
You’re in the arms of the angel
May you find some comfort here


(Não encontrei um video para esta música, por isso, deixo te a letra)

**
Não vi, mas senti!

Never Told Words disse...

Nesse caderno abandonado, escreveste a história da tua vida que agora continua em novas páginas desse mesmo caderno ou de outro... e falava eu de folhas em branco :)

hug * disse...

B*
é bonita mas faltou a origem dela :)

Never Told Words
estas a ver... eu decidi fechar o bloco e começar um novo ;)

B* disse...

*sara mclanahan
Música: angel

B* disse...

http://www.youtube.com/watch?v=i1GmxMTwUgs

aqui está!
Bjs

hug * disse...

B*
Obrigado pela fonte, logo à noite irei vê-la...
mas mesmo assim já gostei da letra...
**