17 de fevereiro de 2011

vida

"Todos temos aqueles momentos em que nada parece correr bem.
O nosso mundo vira-se de pernas para o ar e a nossa vida embrulha-se toda.
Olhamos para aquele tremendo emaranhado e a única palavra que nos vem à cabeça é a palavra impossível.
Choramos, fechamos-nos no nosso casulo e esperamos que algo ou alguém nos ajude na tarefa dantesca de agarrarmos numa das pontinhas e começarmos desembaraçar aquele monte de vida.
Todos temos o direito ao nosso "time out", àquele bocadinho só nosso em que ficamos deitados a ganhar força e a tentar perceber o que se está a passar à nossa volta.
Mas chega uma altura em que temos que nos levantar e viver, viver com tudo o que temos.
Se podemos cair novamente? Sem dúvida.
Se pode doer outra vez? Claro que pode.
Mas quando houver uma possibilidade, por muito pequenina que seja de sermos felizes temos de lutar por ela com tudo o que temos.
Golpes baixos, golpes médios e golpes altos... não interessa o método que usamos.
Podemos levar uma tremenda tareia da vida, mas a vida também nos pode dar momentos absolutamente maravilhosos.
Cada dia é um novo mundo de oportunidades...
Esta vida até pode não ser perfeita mas tem sem dúvida momentos fantásticos"

by: The Traveler_uma tareia de vida

1 comentário:

Margarida disse...

Seria tão bom se eu acordasse e pensasse logo dessa forma... seria tão bom se todos os dias eu acreditasse nisso! A vida, é a vida, estreita, larga, com estradas sem saída, traçados sinuosos... A vida, somos nós, em cada palavra, decisão ou sonho... Em cada dor, em cada esperança...

Gostei... :)

Beijinho,
Margarida