31 de março de 2011

meu coração não aprende

ontem foi duro... mas tentei!
fiz de tudo para contrariar o que sentira...
deixei que o corpo se esgotasse
deixei que água me percorresse o corpo
deixei de lado o "pensar"
deixei o meu ser embriagar-se 
deixei...
mas de nada valeu.
regresso à realidade pior do que quando parti
regresso com a sensação de um ser estranho,
um ser que não pertence a este mundo.

serei eu o único a acreditar na inocência das pessoas? nos valores que elas tem?
serei  único a não saber viver nesta selva, onde predadores se lançam compulsivamente às presas, sejam elas quem forem, independentemente se estão ou não saciados?
estou tão errado
sou tão inocente
inocente por acreditar nas pessoas, por acreditar que existe algo de puro no interior de cada um, por acreditar que não existe maldade, por acreditar no amor e não no "curte", por acreditar na confiança, por acreditar no que os olhos nos dizem, por acreditar nas palavras... por acreditar.
meu coração não aprende :(

11 comentários:

. Sofia . disse...

Não és o único.
E eu acredito que apenas tens acreditado nas pessoas erradas. Tenho a certeza que existem pessoas que valem a pena.
E o lado bom da coisa é que nós esperamos dos outros aquilo que nós somos, o que faz ti uma óptima pessoa.
Beijinho, hug*

hug * disse...

acredito num meio que me rodeia que não existe...
isto leva-me a pensar que se não serei eu a estar errado...

M. disse...

Crescer é aprender. E deixar de acreditar.

Se doi? Claro que sim:)

MartaP. disse...

podia ter sido eu a escrever isto. ai se podia.
força e não desistas de pensar que ainda existe pessoas que valem a pena. quando menos esperares... é sempre assim. eu penso assim.

Mar disse...

Sinceramente também eu sou classificada por ingénua pelos que me rodeiam, por ser exactamente como descreves. Tendo a acreditar que toda a gente é boa e que se fizeram algo de menos bom, há sempre uma razão mais ou menos válida para o fazerem e que apesar de para nós ser incompreensível, pode ser uma razão muito válida.

Por estas mesmas razões, todos insistem em trazer-me à terra. Mas eu recuso-me.

Porque pelo menos para mim, apesar de tudo o que possa vir a acontecer, é melhor não dar tanta atenção a essas coisas e viver feliz, do que andar desconfiado de tudo e de todos e andar quase em depressão.

Sei que há pessoas que valem mais a pena do que outras, mas parto do principio que todas são boas. Contudo nos dias em que me dão provas de que alguém não vale mesmo a pena, simplesmente me afasto. Se forem realente boas virão ter comigo pedir desculpas, se não forem, paciência, não sou eu quem fica a perder. É assim que penso, e acho que é boa filosofia, apesar de haver muitos que não concordam comigo.

P.s: ainda não tinha visto a parte dos awards. Muito obrigada! =)
É suposto colocar os selos no meu blog, atribúi-los e responder às perguntas, não é?

Porque um dia me perdi... disse...

Não acredites que estás errado...mas sim que tropeças nas pessoas mais erradas. Eu quero continuar a acreditar. Só assim a vida faz sentido... Ou é assim ou não vale a pena :)

hug * disse...

sim Mar é para publicares e responderes :)
escreveste muito bem e acertado, parecia que estavas a ler os meus pensamentos quando o escrevi... deve haver algures por ai pessoas que mereçam que acredite, que me mereçam a seu lado... deve haver...

M.
se dói e não é pouco

.sofia.
MartaP
Porque um dia me perdi
Mar
M.

obrigado e vou tentar seguir os vossos conselhos **

Margarida. Margaridinha para alguns, Guida para os insistentes. disse...

Eu sei o que isso é. Não és mesmo o único querido.
Vá lá, não penses nisso.

Beijinho grande*

pink poison disse...

A M. disse tudo.
Dói como tudo... E continuamos a acreditar!

pink poison disse...

Eu acredito pois é uma das minhas metas: puder onfiar cegamente em alguém

lua perdida disse...

nao é errado ser inocente..
nao é errado acreditar...
nao é errado ter confiança..
nao é errado ouvir o coraçao...

o errado é queremos esconder o que somos, e fazermos de conta que somos insensiveis... e td isto so pk queremos mostrar que somos mais fortes que os outros...

mas no fim iremos perguntar.. para que afinal serviu td isto??