11 de abril de 2011

?

porque estás triste?
porque não sentes?
porque choras, alma?
choras porque o corpo já não sente...

porque não sentes as agulhas a entrar por ele a dentro?
porque não sentes a falta de sangue que acaba de sair?
porque não sentes dor?
se sangras como qualquer ser...

porque estas vivo?
se o primeiro passo para a vida é a morte...

se é para viver, então quero morrer.

10 comentários:

R. disse...

gosto muito muito *
beijinho (:

Never Told Words disse...

e ainda dizem que quando crescemos ultrapassamos a "idade dos porquês"... Mas qdo somos pequeninos contentamo-nos com qualquer resposta...

M. disse...

Belo objectivo a morte:( Mas podemos tentar enganá-la!!!

Belos porquês os teus:)

Daniela disse...

Morrer nunca :)
Força*

Daniela disse...

Morrer só mesmo quando tiver de ser :)

Anónimo disse...

A dada altura todos nós passamos por situações que nos magoam de tal forma que a única forma de continuar é exactamente como dizes, morrer (por dentro) para renascer e ficar novamente preparados para as adversidades desta vida...um pouco como a Fenix que renasce das próprias cinzas...E tu estás a passar por isso...não tarda muito vais renascer e vais ser muito mais forte e lindo do que alguma vez terás sido... Acredita :-)

IC - Cris

hug * disse...

R. e Daniela
:)
beijinho

never told words
não me lembro da minha "idade dos porquês" mas penso que não a vivi :)

M.
enganá-la para quê? é a única certeza de que temos...
nem queiras saber a quantidade de porquês que carrego comigo :)

Cris
:')
sempre a deixar-me ko
a fenix...
diz-me tanto que nem imaginas.
beijinho

anatereisa disse...

o texto é bom
pensar que ele se pode identificar com alguém é que pode ser mau.

aproveite o sol e o calor
eles dão-nos vida :D e alegria!

hug * disse...

anatereisa
obrigado pelo carinho :)

Anónimo disse...

É assim que te "vejo" (diga-se Leio).

A Fenix é uma ave tão linda e tão forte...

IC - Cris